Arranca construção de um novo Lar de Idosos em Marmelete – Monchique

Decorreu na sexta-feira, dia 15 de junho, a cerimónia de assinatura do contrato de empreitada e auto de consignação para a construção do Lar de Marmelete – Maria da Costa Melo Catalão, investimento adjudicado via procedimento de Contratação Pública à Constrope, S.A, por mais de 813.000 € euros e que tem comparticipação da Segurança Social via POPH e do Município de Monchique que assume toda a componente privada do investimento. Assim, caberá à Câmara Municipal um investimento que ascende a mais de 325.000€.  Refira-se que este projeto é da autoria do Arquiteto Vitor Lourenço, natural daquela freguesia de Marmelete.

A construção deste equipamento social, há muito ansiado por parte da população local, irá contribuir para o aumento da oferta de camas em Lar Residencial no Concelho de Monchique. Prevê-se a entrada em funcionamento deste equipamento no prazo de um ano.

Para Eleutério Torrado, Presidente do Centro de Dia de Marmelete, entidade gestora do projeto «…entramos agora numa outra fase deste projeto. Depois da componente burocrática, de todas as aprovações, acordos e assinaturas, esta cerimónia marca o início de um sonho. Ver começada esta obra representa o esforço de toda uma população que sempre acreditou que isto era possível. Agradeço à Câmara Municipal todo o seu esforço pela concretização deste projeto, sem o qual, tal não seria possível…»

Para Rui André, Presidente da Câmara Municipal «…o esforço que todos vós, os sócios desta Instituição e as pessoas da Freguesia de Marmelete, fizeram para que este sonho fosse possível de concretizar, é agora reconhecido com este ato que representa a efetivação do mesmo. Ver os alicerces a serem erguidos, enche-nos todos de orgulho. Queria nesta ocasião especial, agradecer a toda a direção do Centro de Dia de Marmelete na pessoa do Eleutério Torrado, à Junta de Freguesia de Marmelete na pessoa da sua Presidente, Marta Martins e às pessoas que estiveram envolvidas desde o início neste projeto, com destaque para um Homem que foi dirigente do Centro de Dia, Presidente de Junta de Freguesia e até Vereador na Câmara Municipal, e que sempre procurou que esta obra tivesse lugar. Refiro-me ao António Santos, que com o seu esforço manteve vivo este sonho e que agora, é merecedor do nosso agradecimento, e nele todos os envolvidos neste moroso processo. Por outro lado, este ato marca o início de um vasto conjunto de projetos que temos em carteira. Na área social, seguir-se –á a Construção do Centro de Dia de Alferce e a execução do Plano Gerontológico de Monchique, que assume o Envelhecimento não como um problema, mas sim como uma oportunidade, para além de uma série de iniciativas nesta área. Não teremos dúvidas, este Lar, para além de constituir uma resposta social, será também gerador de postos de trabalho na freguesia, pelo que isso assume de relevante no período que vivemos em relação ao emprego e à fixação de pessoas no interior.

Hoje estamos também a construir a mudança que esta freguesia e o concelho exigiam, estamos essencialmente e mudar a atitude pela forma como enfrentamos os problemas. Esta obra será uma realidade porque acreditamos que é possível inverter o processo de abandono destes territórios de baixa densidade, que ela é uma mais-valia para todos, que é um projeto de futuro e da salvaguarda do bem-estar dos nossos Idosos. Todos sabemos que não há dinheiro, que atravessamos uma crise profunda mas compete à Câmara Municipal ser um agente de incentivo da economia local, um garante do investimento e da aposta na fixação de pessoas. Em boa hora o Centro de Dia de Marmelete apresentou esta candidatura pois o concelho apresenta ainda um deficit em termos de respostas sociais, pelo que não podia deixar de apoiar este investimento que aqui estamos a efetuar…»

O Gabinete de Apoio à Presidência.